Humanize-se

Humanize-se

6+

Humanize-se. Essa foi a principal mensagem do Conarh 2019 em tempos de tantas discussões sobre tecnologia. Estamos vivendo um momento mágico de transformação que nos exige um coração forte para aguentar a pressão e as novidades diárias, além de muita coragem para se reinventar e cocriar o futuro que queremos para as próximas gerações.

Sim, somos nós que, de forma colaborativa e diversa, criaremos esse futuro. E ele será tão poderoso quanto mais combinarmos o humano com a tecnologia. Sendo que um não substitui o outro, um não deve ser priorizado em detrimento do outro, porque eles são e serão cada vez mais indissociáveis. E os assuntos abordados no Conarh só provaram isso: uma combinação de felicidade, propósito e produtividade; uso da Inteligência Artificial nas diversas áreas de expertise do RH, assim como ética e responsabilidade no uso de dados; diversidade, saúde e bem estar nas organizações; aprendizagem e futuro do trabalho; experiência do colaborador; agilidade organizacional… Enfim, uma infinidade de temas conectados com Estratégia, Cultura, Liderança & Talentos, Mercado & Tendências e Digital.

Foram três dias de compartilhamento de conhecimentos, cases e experiências já vividas por empresas nativas e não nativas digitais. E, nesse ponto, também a diversidade se mostrou relevante. Cada vez mais, percebemos que os diferentes mundos se complementam, os diferentes tamanhos, as diferentes idades, os diferentes gêneros, os diferentes pontos de vista. Sem diversidade, colaboração e empatia, não há inovação; sem inovação não há crescimento e manutenção da relevância no mercado.

Parece impossível lidar com tanta coisa… Mas não é impossível se isso acontece de forma  coletiva. Foi exatamente assim que vivemos o antes e o durante do Conarh. Em um coletivo de pessoas amigas, pensamos na experiência que seria levada para o Open Jungle – espaço de inovação aberta do evento.  Trouxemos, da Afferolab, um pedacinho da nossa estação da empatia de Nextpedia e cocriamos valiosos cases e a área de Prototipação. Tudo isso fez do Open Jungle um espaço de experimentação e vivência, na prática, daquilo que mais queremos provocar nas pessoas e nas organizações: um olhar para o outro, além do olhar para si. Isso com o objetivo de que tais organizações possam oferecer produtos e serviços que coloquem o usuário no centro; para construírem jornadas engajadoras para seus colaboradores; que promovam, enfim, um ambiente propício ao bem estar dentro e fora delas.

Acreditamos que será dessa forma que as pessoas e as organizações encontrarão o caminho para sobreviver a essa mudança de era e para se conectar com um futuro melhor para todos. O encontro foi para a área de RH, mas o desafio é de todos nós.

CURTIU ? 

6+
COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe uma resposta

- ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES -

Fechar Menu